birdnews dezembro

BirdNews | Dezembro 2017

Share on FacebookShare on Google+Tweet about this on TwitterEmail this to someone

BirdNews é um apanhado geral de notícias sobre ornitologia e observação de aves. Estou tentando publicar este resumo sempre no último dia do mês. Quem quiser também pode me acompanhar no Twitter (@passarinhologa), onde vou compartilhando as notícias conforme tomo conhecimento delas. Soube de alguma matéria ou reportagem que poderia estar aqui? Me avise e ajude a deixar o BirdNews mais completo!

 

No Brasil…

academia-32px[ICMBio] Mutum-pinima é reencontrado após 40 anos. Em expedição científica, pesquisadores do Cemave, parceiros e indígenas localizaram a ave na região do mosaico do Gurupi, no Maranhão.

livro-32pxLembram-se do livro digital Aves do Parque Ecológico do Córrego Grande, lançado em Outubro? Pois agora as autoras pretendem disponibilizar uma versão impressa. Sem fins lucrativos, as biólogas iniciaram uma campanha no Catarse. Os livros serão enviados para os colaboradores da campanha, cuja doação também permitirá distribuir livros para escolas da grande Florianópolis.

aves do parque ecológico do córrego grande

academia-32px

[Instituto Florestal, Secretaria do Meio Ambiente de São Paulo] Pesquisa com frutas em comedouros de aves pode diminuir custos da restauração ecológica. Bióloga avaliou o potencial de dispersão de sementes de árvores nativas por aves e mamíferos que se alimentam em comedouros com frutas (mamão e abacate). Os resultados são muito positivos.

tv-32px

[Unicamp] Documentário feito por alunos da Biologia estreia dia 7. No dia 7 de dezembro, estreou o documentário Unicamp Selvagem da produtora Cambacica Produções, formada por alunos e ex-alunos do curso de Biologia da Unicamp. O documentário apresenta um pouco da história natural de animais que vivem no Campus e muitas vezes passam despercebidos pelos humanos.

internet-32px[Conexão Planeta] Boas notícias para duas espécies de aves brasileiras na nova lista vermelha da IUCN. As espécies são: o papagaio-de-cara-roxa (Amazona brasiliensis) e o papagaio-chauá (Amazona rhodocorytha), que melhoram o status de conservação, mas não estão completamente fora de perigo.

livro-32px

Lançamento do livro infantil “Pássaros do Brasil e algumas histórias – Colorindo com Adriana Varejão“, pela editora Cobogó. O livro foi escrito originalmente em francês e agora ganha uma edição em português.

Pássaros do Brasil e Algumas Histórias - Colorindo Com Adriana Varejão

binoculos-32px

[Avistar] Colabore com o treinamento do Merlin Brasil! O Merlin Bird ID é um aplicativo para celular que permite identificar aves a partir de fotos (já falei um pouco sobre ele aqui). Até agora ele funcionava apenas com aves europeias e norte-americanas, mas em breve o app permitirá identificar também espécies que ocorrem no Brasil. Para que isso seja possível, é preciso “ensinar” a inteligência artificial a reconhecer nossas aves, o que é feito a partir de milhares de fotos. E você pode colaborar! Fotos disponibilizadas no eBird serão utilizadas para ensinar o Merlin. No entanto, se você tem fotos em outras plataformas de ciência cidadã (como o WikiAves), é fácil contribuir com o treinamento do Merlin: basta autorizar o uso das imagens neste link.

livro-32px

[Alliance Française] Lançamento do livro “As Aves do Pará”. Em edição bilíngue, o livro “As aves do Pará / Les Oiseaux du Pará” resgata desenhos feitos por crianças indígenas no século 18.

tv-32px

[Dispersciência] Projeto Jacutinga. Entrevista com Alecssandra Tassoni, coordenadora do Programa para a Conservação das Aves Cinegéticas do Alto da Serra do Mar em São Paulo.

livro-32px

[Brasil das Aves] Paraty – um livro sobre a alma (e as aves) de um lugar. Resenha do livro “As aves de Paraty”, lançado recentemente, com fotos de Bruno Rennó, Luciano Lima, Rafael Bessa e Wagner Nogueira, ilustrações de Ciro Girard e edição de Guto Carvalho.

tv-32px[Associação Cairuçu] Projeto Aves da Minha Escola 2017. O vídeo mostra um pouco do trabalho realizado este ano nas comunidades do Mamanguá, Corisco, Taquari e Praia Grande, em Paraty- RJ.

academia-32px

Publicado um grande conjunto de dados de espécies de aves da Mata Atlântica brasileira, resultado do trabalho conjunto de muitos colaboradores. O artigo “ATLANTIC BIRDS: a dataset of bird species from the Brazilian Atlantic Forest” está disponível para consulta no periódico Ecology.

academia-32px

[Phys.org] Researchers describe first-ever hybrid bird species from the Amazon. Geneticistas encontraram evidências de que uma espécie de ave amazônica teve origem como híbrida de duas outras espécies, num processo de especiação que iniciou-se a aproximadamente 180 mil anos. Embora espécies híbridas sejam comuns no reino vegetal, exemplos são muito raros no reino animal. O dançador-de-coroa-dourada (Lepidothrix vilasboasi) teria se originado a partir de descendentes férteis de uirapuru-de-chapéu-branco (Lepidothrix nattereri) e cabeça-de-prata (Lepidothrix iris). O estudo foi publicado recentemente no periódico científico Proceedings of the National Academy of Science.

 

No mundo…

internet-32px[BirdGuides] Indonesia to launch 10-year plan to save Helmeted Hornbill. Caçado quase até a extinção por causa de seu bico pouco usual – que é vendido a preço de ouro na China – o Helmeted Hornbill (Rhinoplax vigil) é encontrado atualmente apenas em alguns poucos fragmentos florestais em ilhas do Sudeste da Ásia. Numa tentativa de evitar a extinção desta magnífica ave, o governo da Indonésia acaba de anunciar um plano de ação para os próximos 10 anos.

academia-32px[Wildlife Articles] International Shorebird Rescue. O pesquisador Graham Appleton (autor do blog Wadertales) comenta neste artigo como os projetos de conservação de aves limícolas exigem soluções globais, aproximando países. Este foi um dos temas debatidos este mês durante a #BOU17TC, uma conferência via Twitter organizada pela British Ornithologist’s Union.

academia-32px

[Science] Ancient penguins may have weighed more than 100 kilograms, been as tall as a human. Um fóssil encontrado na Nova Zelândia permitiu descrever uma nova espécie de pinguim, nomeada Kumimanu biceae. O que chama a atenção para a descoberta é o tamanho da ave, que tinha cerca de 1,77 metro e pesava mais de 100 quilos. O estudo do fóssil foi publicado recentemente no periódico científico Nature Communications.

binoculos-32px

[Natural History Museum] How did birds become so colourful? Find out. O objetivo do Project Plumage é mapear as cores do maior número de espécies de aves possível. Para isso, pesquisadores fotografaram cerca de 35 mil espécimes taxidermizados da coleção do Museu de História Natural de Londres. Como a quantidade de fotos que precisam ser analisadas é imensa, eles pedem a ajuda de todos. Basta entrar no portal Zooniverse (plataforma que alberga inúmeros outros projetos de ciência cidadã) e seguir as instruções (em inglês). Resumidamente, é só demarcar nas fotos as regiões do corpo da ave que são requisitadas (como mento, peito, coberteiras, etc). Não é difícil e de quebra dá para conhecer espécies de todo o planeta, inclusive algumas bastante raras.

academia-32px

[Phys.org] Researchers test intelligence of African grey parrot. Conhecido por sua inteligência, o papagaio-cinzento (Psittacus erithacus) é objeto de muitos estudos. Recentemente, uma equipe de pesquisadores da Universidade de Harvard avaliou a capacidade cognitiva da ave relacionada a compreensão de volumes.

internet-32px

[Vox] Star Wars’ porgs and the power of “charismatic minifauna,” explained. Os carismáticos “porgs” do mais recente filme da franquia Star Wars, claramente inspirados em papagaios-do-mar (Fratercula arctica), motivam este artigo sobre a importância de animais “fofos” (veja também espécies bandeira) na conservação dos ecossistemas.

academia-32px

[Smithsonian Insider] Scientists in awe of huge olfactory bulb found in turkey vulture brain. Ao comparar os cérebros do urubu-de-cabeça-vermelha (Cathartes aura) e do urubu-de-cabeça-preta (Coragyps atratus), pesquisadores descobriram que o urubu-de-cabeça-vermelha apresenta um bulbo olfatório quatro vezes maior que o da outra espécie, apesar de seu cérebro ser aproximadamente 20% menor. Levando-se em conta a proporção em relação ao tamanho do cérebro, o urubu-de-cabeça-vermelha tem um dos maiores bulbos olfatórios dentre todas as espécies de aves. Os resultados da pesquisa foram publicados este mês no periódico científico Scientific Reports.

Urubu-de-cabeça-vermelha (Cathartes aura)

Urubu-de-cabeça-vermelha (Cathartes aura)

academia-32px

[Science] Yuck! Video reveals how birds share knowledge of disgusting foods—and help insects evolve. Estudo demonstrou que aves podem comunicar umas às outras que um alimento é impalatável através de gestos. A partir de então o alimento em questão passa a ser evitado. Este comportamento pode ter tido grande influência na evolução das cores dos insetos. O artigo científico foi publicado este mês no periódico Nature Ecology & Evolution.

binoculos-32px

[Audubon] Why some women are skipping out on the ‘Airbnb of Birding’. Uma reflexão sobre os prós e contras da plataforma Birding Pal, que permite que observadores de aves de todo o mundo entrem em contato e combinem passarinhadas juntos.

academia-32px

[BirdWatchingDaily] New antbird species discovered, named after biologist E.O. Wilson. Descoberta uma nova espécie de ave da família Thamnophilidae, que recebeu nome científico em homenagem a Edward O. Wilson: Myrmoderus eowilsoni. A espécie, encontrada no Peru, foi descrita no periódico científico The Auk.

binoculos-32px

[Audubon] The United State of Birding. Artigo na Audubon Magazine sobre as dificuldades de ser um birdwatcher negro nos Estados Unidos.

internet-32px

[US Fish and Wildlife] Wisdom the oldest known albatross returns to Midway, best gift ever! Wisdom, a albatroz sexagenária, está de volta ao Atol de Midway. Este ano ela completa aproximadamente 67 anos!

livro-32px[Forbes] The 12 best books about birds and birding of 2017. Sugestões de leitura da GrrlScientist.

livros sobre aves 2017

internet-32pxA organização Aves Argentinas lança um novo projeto de conservação do veste-amarela (Xanthopsar flavus) e apresenta vídeo inédito com registros do dia-a-dia de um ninho da espécie.