BirdNews | Junho 2018

BirdNews | Junho 2018

Share on FacebookShare on Google+Tweet about this on TwitterEmail this to someone

 

BirdNews é um apanhado geral de notícias sobre ornitologia e observação de aves. Estou tentando publicar este resumo sempre no último dia do mês. Quem quiser também pode acompanhar a hashtag #birdnews no Twitter e saber tudo de antemão! De uns tempos pra cá muita gente tem ajudado na tarefa de rastrear e selecionar notícias e quero deixar meus agradecimentos para os colaboradores desta edição: Guto Carvalho, Wilton Fernando e o pessoal do GOA Voando Livre. Valeu!

 

No Brasil…

 

[Estadão] Acordo trará 50 ararinhas ao Brasil. As aves, que devem chegar ao Brasil no começo de 2019, estão sob a guarda da Associação para a Conservação de Papagaios Ameaçados e atualmente encontram-se na Alemanha. O acordo prevê a construção de um centro de reprodução no norte da Bahia para receber as ararinhas-azuis e coordenar as solturas.

[BBC] Ativistas destroem experimento científico para libertar pássaros na Ilha Grande. O incidente gerou muito polêmica e discussão nas redes sociais. A Sociedade Brasileira de Ornitologia publicou uma carta aberta em apoio à equipe de pesquisadores da UFRJ. Vale conferir também o vídeo do Canal do Slow sobre o assunto.

Lançado o documentário O Poema Imperfeito, baseado no livro homônimo de Fernando Fernandez. O documentário, que aborda grandes questões ambientais, está disponível gratuitamente no YouTube. (veja a partir de 10:10 minutos para saber mais sobre o triste caso da pomba-migratória, a espécie de ave mais abundante no século 19 e que está extinta deste 1914).

Dia 06 de Julho tem lançamento do livro infantil A descoberta do Bicudinho-do-brejo, na Aliança Francesa de Curitiba – PR. O livro foi escrito por Adélia Maria Woellner e Bianca Reinert, com ilustrações de Kitty Harvill.

bicudinho-de-brejo

[Conexão Planeta] Guia revela a beleza e a diversidade de 120 aves da Amazônia matogrossense. A publicação foi produzida pela WWF-Brasil, Fórum Regional da Amazônia Mato-Grossense e o coletivo Roda de Passarinho. O guia está sendo distribuído em hotéis, aeroportos, secretarias de turismo e escolas da região, mas também está disponível para download.

Colabore com a revisão da Lista Vermelha de Aves Ameaçadas de Extinção no Estado do Paraná – Revisão 2018. Segue o convite feito por Fernando Costa Straube, um dos biólogos responsáveis pela lista: “Estamos organizando a nova “Lista de Aves Ameaçadas no Paraná”, junto com o Parque das Aves e o Instituto Ambiental do Paraná (SEMA/PR). Chegou o momento de divulgar a nossa “Consulta Pública” que receberá informações de todo o tipo e de todos os segmentos da sociedade. Queremos que todos nos ajudem nesse processo, mesmo aqueles que não se consideram pesquisadores e mesmo aqueles que não atuam especificamente no Paraná. Isso porque entendemos que a participação das pessoas vai enriquecer muito o nosso trabalho, exaltando aquilo que chamamos de ciência cidadã. Para participar, basta acessar http://listavermelha.com.br/ e fazer seu cadastro (…).

lista vermelha de aves

[Aves de Rapina Brasil] Entrevista com Pedro Scherer Neto. O ornitólogo conta como começou a se interessar por aves desde a infância, fala da experiência de trabalhar ao lado de Helmut Sick e comenta seus projetos de pesquisa mais recentes.

 

No mundo…

[Audubon] Incredible combination of factors leads to historic migration flight. Uma lista publicada no eBird em 28 de Maio começa com a seguinte anotação: “Hoje foi o melhor dia de observação de aves da minha vida“. O grupo de observadores registrou mais de 700.000 warblers (pequenos pássaros da família Parulidae) ao longo de nove horas em Tadoussac, Canadá. O artigo da Audubon explica como uma combinação de fatores – condições climáticas e características geográficas da região – acabou fazendo com que tantas aves migratórias passassem pelo mesmo lugar.

[Wilder] Tribunal europeu declara ilegal a captura de milhares de aves selvagens em Malta. Malta violou a legislação europeia ao permitir a caça e a captura de sete espécies de aves, entre elas o pintassilgo-europeu (Carduelis carduelis).

Pintassilgo-europeu | European Goldfinch (Carduelis carduelis)

[Phys.org] Sister species of birds reveal clues to how biodiversity evolves. Espécies irmãs de aves revelam pistas sobre como a biodiversidade evolui. O artigo da Phys.org comenta a recente publicação na revista Nature: Tempo and timing of ecological trait divergence in bird speciation.

[BBC] Bird family tree shaken by discovery of feathered fossil. Um fóssil de 52 milhões de anos está fornecendo dados surpreendentes sobre a evolução dos turacos, aves da família Musophagidae que nos dias atuais ocorrem somente na África. O motivo: o fóssil foi encontrado na América do Norte!

[Aves Argentinas] Llená tu mundo de aves. Doze recomendações para ajudar as aves!

[CNN] One of Canada’s biggest music festivals is on pause because of a small bird and its nest of four eggs. Um grande festival de música no Canadá, o Bluesfest, aguarda uma solução para um caso bastante inusitado: foi encontrado um ninho de batuíra (Charadrius vociferus) na área destinada ao público. A ave é protegida pelas leis canadenses e os organizadores do festival, que começa somente em Julho, estão protegendo o ninho, com 4 ovos, até que alguma medida seja aprovada.

E o caso acima não foi o único: o Campeonato Espanhol de Surfing 2018, que seria realizado na praia Doniños, foi alterado para evitar prejuízos às aves nidificantes, em especial os ninhos de Charadrius alexandrinus, outra espécie de batuíra.

[Pesquisa Fapesp] A primeira ave com bicoIchthyornis dispar, ave do tamanho de um pombo que viveu entre 95 milhões e 84 milhões de anos atrás fornece novos indícios sobre como o bico surgiu nas aves.

[National Geographic] Pássaros que deixam o ninho tarde demais podem colocar suas famílias em risco. Estudo recentemente publicado no periódico Science Advances investigou os fatores que determinam a idade ideal para que um filhote de pássaro abandone o ninho.

[La Vanguardia] La cacatúa que llegó de Australia… en el siglo XIII. Ilustrações de uma cacatua encontradas em um antigo livro na biblioteca do Vaticano indicam que já havia comércio entre Europa e Austrália (vinculado à rotas marítimas e terrestres na Indonésia, China e Egito) no século XIII. A representação europeia mais antiga de uma cacatua de que se tinha conhecimento aparece na pintura Madonna della Vittoria, feita em 1496, 250 anos depois da publicação do livro encontrado no Vaticano.

[New Zeland Dept of Conservation] Research partnership reveals new species of diving petrel. Uma nova espécie de petrel foi descrita na Nova Zelândia. A ave recebeu o nome Pelecanoides whenuahouensis e acredita-se que existam somente 250 indivíduos da espécie. A descoberta foi publicada no periódico científico PLoS ONE.