birdnews

BirdNews | Outubro 2016

O BirdNews é um apanhado geral de notícias sobre ornitologia e observação de aves. Estou tentando publicar este resumo sempre no último dia do mês. Quem quiser também pode me acompanhar no Twitter (@passarinhologa), onde vou compartilhando as notícias conforme tomo conhecimento delas. Soube de alguma matéria ou reportagem que poderia estar aqui? Me avise e ajude a deixar o BirdNews mais completo!

 

No Brasil…

binoculos-32pxEntre 10 e 22 de Outubro uma equipe de mais de 30 ornitólogos e observadores de aves se reuniu em Duas Barras (RJ) em busca do tietê-de-coroa (Calyptura cristata), espécie raríssima que foi vista pela última vez em 1996. A Expedição Calyptura foi organizada pelo Observatório de Aves – Instituto Butantan e registrou mais de 260 espécies de aves na região. Não foi desta vez que o tietê-de-coroa foi encontrado, mas a equipe está animada e deve fazer novas tentativas. A Expedição Calyptura foi muito noticiada durante todo o mês, com matérias na Agência Fapesp, o (eco), National Geographic, Rede Inter TV / G1, Conexão Planeta e muitos outros.

calyptura cristata

Tietê-de-coroa (Calyptura cristata), ilustrado por William J. Swainson no século XIX

binoculos-32px[Avistar] As únicas pessoas vivas que chegaram a ver o tietê-de-coroa (Calyptura cristata) se reuniram para compartilhar suas Calypstórias durante o Avistar Rio, que aconteceu no começo do mês. Assista também a parte 2 e a parte 3 da conversa.

tv-32px[G1] Papagaio é flagrado por câmera de trânsito na Rodovia dos Bandeirantes. O papagaio-verdadeiro (Amazona aestiva) ficou desfilando em frente à câmera!

internet-32px[Conexão Planeta] Jacutinga volta à Mata Atlântica graças ao trabalho de biólogos brasileiros. Matéria sobre o projeto de reabilitação e soltura de jacutingas (Aburria jacutinga) na Serra da Mantiqueira (SP), pela Save Brasil.

internet-32px[Instituto Brookfield] Saiba como ajudar na preservação das aves. Em entrevista, a ornitóloga Tatiana Pongiluppi dá dicas de como ajudar a preservar as aves nas cidades.

academia-32px[BHL] The case of the mistaken Manakin. Pra quem se interessa por taxonomia e pela origem dos nomes científicos, este artigo da Biodiversity Heritage Library explica a recente alteração do gênero Dixiphia para Pseudopipra. O alvo da mudança é um passarinho conhecido popularmente como cabeça-branca (reconhecido agora pelos ornitólogos como Pseudopipra pipra), encontrado na Amazônia e na Mata Atlântica.

binoculos-32pxNo último dia 22 aconteceu a 2ª edição do Big Day Brasil. Ao todo foram observadas 1.083 espécies de aves, em 787 listas enviadas por 288 usuários. Houveram representantes de quase todos os estados brasileiros e muitos parques estaduais prepararam-se para receber os observadores de aves neste dia.

Big Day Brasil 2016

internet-32px[G1] Polícia apreende 22 pássaros em torneio de canto em Jacareí, SP. Foram encontradas aves mantidas em condições inapropriadas e três pessoas foram detidas por falsificação de anilhas.

livro-32px[SAVE Brasil] O Projeto Jacutinga acaba de lançar o livro “As aventuras da jacutinga na Mata Atlântica“. O livro será distribuído para alunos das escolas capacitadas pelo projeto e também está disponível para download.

internet-32px[Conexão Planeta] Ameaçado de extinção, periquito-cara-suja volta a se reproduzir na Serra de Baturité, no Ceará. Desmatamento e tráfico levaram o periquito-cara-suja (também conhecido como tiriba-de-peito-cinza, Pyrrhura griseipectus) a entrar para a lista de aves ameaçadas de extinção. Para reverter esta situação, o Projeto Periquito-Cara-Suja, da ong Aquasis, têm instalado caixas-ninhos para estimular a reprodução do periquito: 440 filhotes nasceram nestas caixas nos últimos sete anos. O projeto também promove atividades de educação ambiental com a população da Serra de Baturité.

binoculos-32pxEste mês aconteceu o primeiro #vempassarinharSP, projeto que tem como objetivo promover a observação de aves como ferramenta de conscientização e conservação. O lançamento do projeto #vempassarinharSP foi no Parque Estadual Campos do Jordão e estão previstas atividades em outras unidades de conservação paulistas.

 

No mundo…

internet-32px[BidLife International] CITES round-up: the world speaks up for the African Grey. Conhecido por sua inteligência e habilidade em imitar a fala humana, o papagaio-cinzento (Psittacus erithacus) é um bicho de estimação muito popular. Por esse motivo, o papagaio africano também é uma das aves mais traficadas do mundo, o que está causando o declínio de sua população. Para evitar maiores prejuízos à espécie, a convenção da CITES, que aconteceu no começo de Outubro em Johannesburgo, decidiu proibir o comércio internacional do papagaio-cinzento. Vale a pena conferir também os comentários do ambientalista José Truda, que integrou a delegação brasileira na convenção (textos no site do (o)eco aqui e aqui).

academia-32px[The Wire] One in eight bird species are found in India – But do we really care? Artigo sobre a nova lista de aves da Índia, publicada no periódico Indian Birds. A lista reúne 1.263 espécies de aves que podem ser encontradas no país, o que representa 12% de todas as espécies de aves do mundo.

Indian Birds Checklist cover

REPRODUÇÃO. Olha que linda a capa da nova checklist de aves da Índia, com ilustrações do artista Rohan Chakravarty (Green Humour)

academia-32px[BBC] Como fóssil de ave pré-histórica pode ajudar a entender a evolução do canto dos pássaros. Uma equipe de pesquisadores da Universidade de Ohio (EUA) reconstruiu a siringe da ave já extinta Vegavis iaai, a partir de informações obtidas através de exames como tomografia e raio-x. A reconstrução da siringe (órgão responsável pela emissão de sons nas aves) indica que a Vegavis iaai, parente dos patos e gansos, podia grasnar ou assobiar.

internet-32px[National Geographic] Where an owl egg is worth more than ivory or rhino horn. Texto de Darcy Ogada, diretora assistente do The Peregrine Fund, sobre o tráfico de ovos de corujas no Quênia. Na África muitas pessoas acreditam que corujas trazem mau agouro (crença que é amplamente disseminada em vários lugares do planeta, inclusive no Brasil) mas que seus ovos, milagrosamente, podem curar doenças. Um único ovo pode ser vendido por mais de 3 mil dólares, superando o valor, em peso, do marfim.

academia-32px[EurekaAlert] How do birds dive safely at high speeds? New research explains. Pesquisadores estudaram a biomecânica do mergulho dos atobás, que podem mergulhar a mais de 80 km/h, para entender como estas aves não se machucam durante o impacto com a água. Os resultados foram publicados na última edição do periódico científico Proceedings of the National Academy of Sciences.

internet-32px[USA Today] Birds seek refuge in eye of Hurricane Matthew. Radares mostraram aves viajando dentro do olho do furacão Matthew, que devastou o Haiti e também atingiu a Flórida no começo do mês. Apesar de localizar-se no centro da tempestade, o olho é um ponto de calmaria, servindo de refúgio para as aves.

academia-32px[Phys.org] Research finds that birds behave like human musicians. Uma ave chamada Australian Pied Butcherbird (Cracticus nigrogularis) teve os aspectos musicais de seu canto estudados. Os pesquisadores acreditam que, não muito diferente dos músicos de Jazz, esta espécie “brinca com suas músicas, equilibrando repetição e variação”.

internet-32px[Shanghai Daily] Tianjin clears illegal nets to save birds. Voluntários retiraram mais de 10 mil metros de redes de neblina ilegais em uma cidade no nordeste da China, salvando mais de 3 mil aves.

academia-32px[The Auk] Invasive plants dye woodpeckers red. Um pica-pau chamado Northern Flicker apresenta algumas subespécies. Uma delas, Colaptes auratus auratus, ocorre no leste dos EUA e tem penas amarelas. Outra, Colaptes auratus cafer, ocorre no oeste e tem penas avermelhadas. Na área de sobreposição (veja este mapa para entender melhor) podem aparecer híbridos com uma mistura das cores. Mas por muitos anos alguns pica-paus com penas avermelhadas foram encontrados no extremo leste, totalmente fora de sua área de ocorrência. Isso intrigava os ornitólogos. Após um estudo detalhado dos pigmentos presentes nas penas destes pica-paus, pesquisadores descobriram que a cor vermelha nestas aves do leste é proveniente do fruto de uma planta exótica invasora (ou seja, que não é nativa da região), da qual eles estão se alimentando. O estudo foi publicado no periódico The Auk.

internet-32px[Audubon] How two secretive seabirds evaded the endangered species list. Após verificar o declínio das populações de Scripps’s Murrelet (Synthliboramphus scrippsi) e Guadalupe Murrelet (Synthliboramphus hypoleucus), pesquisadores e conservacionistas do Pacific SeaBird Group solicitaram que as duas espécies de aves marinhas fossem listadas como ameaçadas (e, portanto, fossem protegidas). Antes de receberam qualquer resposta, grupos ambientais dos EUA e México se uniram e investiram na restauração das ilhas onde as aves nidificam, reflorestando e eliminando ratos e outros predadores introduzidos pelo homem. Após muitos anos de trabalho o resultado foi tão expressivo que as aves aparentemente não precisam mais de proteção federal.

academia-32px[Tetrapod Zoology / Scientific American] Thoughts on the Passerine Tree, 2016. Darren Naish revisa as principais mudanças na filogenia da ordem Passariformes, que representa cerca de 60% das espécies de aves vivas hoje.

internet-32px[Lancaster Online] Tiny western U.S. hummingbird flies 8,000 miles, returns to same Lancaster County feeder. Após 10 meses, uma fêmea de beija-flor retornou ao mesmo bebedouro, após realizar uma viagem de aproximadamente 12 mil quilômetros. A espécie, conhecida como Rufous Hummingbird (Selasphorus rufus), ocorre apenas no Oeste dos EUA mas a fêmea foi anilhada e recapturada em Quarryville, pequena cidade no extremo Leste do país.

binoculos-32px[The Telegraph] Twitchers flock to village car park to catch glimpse of rare Siberian bird never seen in the UK before. Centenas de observadores de aves se reuniram em Easington, uma pequena cidade da Inglaterra, para observar um pássaro extremamente raro. O pequeno Siberian Accentor (Prunella montanella) foi localizado em um estacionamento. É a primeira que vez a espécie é observada na Inglaterra. A ave nidifica no norte da Sibéria e migra anualmente para o sudeste da Ásia.

binoculos-32px[The Guardian] Night parrot population discovered in Queensland national park. Um papagaio australiano conhecido como Night Parrot (Pezoporus occidentalis) era considerado extinto até 2013, quando foi reencontrado por um ornitólogo. A boa notícia é que uma equipe de pesquisadores acaba de localizar mais uma população deste psitacídeo de hábitos noturnos, em local onde a espécie ainda não havia sido observada.

internet-32px[Khon2] New 5-mile cat-proof fence protects endangered Hawaiian birds on Mauna Loa. Uma cerca à prova de gatos de 8 quilômetros de comprimento acaba de ser construída no Havaí. A cerca protege uma área de nidificação do Hawaiian Petrel (Pterodroma sandwichensis), ave marinha ameaçada, de seus principais predadores: gatos. Como em muitas outras ilhas do mundo, os gatos foram introduzidos no Havaí pelo homem e causam grandes impactos ambientais.

academia-32px[Phys.org] Ten months in the air without landing. Pesquisadores monitoraram o voo de andorinhões (Apus apus) com pequenos acelerômetros e descobriram que algumas destas aves permanecem até 10 meses no ar, sem pousar. Este período corresponde à estação não-reprodutiva, quando estes andorinhões migram da Europa e parte da Ásia (onde se reproduzem) para a África. Os resultados da pesquisa foram publicados no periódico científico Current Biology.

 

Faltou alguma notícia importante? Comente aí em baixo!