eupetomena macroura

Um festival de beija-flores

Foi só colocar um bebedouro com água e açúcar para eles aparecerem. Já são seis espécies diferentes de beija-flores visitando a casa dos meus pais, sem contar as cambacicas, as saíras e os sanhaços, que também estão sempre aproveitando essa fonte fácil de energia. Eu sabia que eles viriam, mas não imaginei que seria tão rápido. Poucos minutos depois de instalar o bebedouro pela primeira vez já estava lá um rabo-branco-acanelado (Phaetornis pretrei). Algumas horas depois mais três ou quatro da mesma espécie estavam disputando as flores de plástico. Mas seu reinado não durou muito. Em poucos dias o beija-flor-de-fronte-violeta (Thalurania glaucopis) tomou conta do pedaço. E ai dos outros que tentassem chegar perto do bebedouro!

thalurania glaucopis

Beija-flor-de-fronte-violeta (Thalurania glaucopis), macho.

thalurania glaucopis

Beija-flor-de-fronte-violeta (Thalurania glaucopis), fêmea.

Atualmente a disputa está mais equilibrada. O beija-flor-tesoura (Eupetomena macroura, foto da capa deste post) enfrenta o beija-flor-de-fronte-violeta, e enquanto eles estão ocupados brigando as espécies menores conseguem se aproximar: o beija-flor-de-banda-branca (Amazilia versicolor), o beija-flor-de-peito-azul (Amazilia lactea) e o minúsculo besourinho-de-bico-vermelho (Chlorostilbon lucidus).

amazilia versicolor

Beija-flor-de-banda-branca (Amazilia versicolor).

amazilia lactea

Beija-flor-de-peito-azul (Amazilia lactea).

Os sanhaços e as saíras ainda têm muito medo das pessoas, mas os beija-flores e as cambacicas não estão nem aí. Dá pra ficar a poucos centímetros deles e bater fotos tranquilamente! Também é legal notar como as espécies de aves que frequentam os bebedouros difere de local para local, tanto em variedade quanto em abundância. Onde trabalho tem um bebedouro que é dominado pelas cambacicas. São muitas, mas muitas mesmo! Só de vez em quando aparece um beija-flor. Geralmente um beija-flor-tesoura, mas com sorte dá pra ver um beija-flor-preto (Florisuga fusca).

cambacica

Cambacica (Coereba flaveola).

Ficou com vontade de instalar um bebedouro para beija-flores também? Não dá muito trabalho. A concentração de açúcar indicada é de 20% (uma parte de açúcar + 4 partes de água) e é importante lavar o bebedouro com frequência. Veja também as dicas que o pessoal do CEO (Centro de Estudos Ornitológicos) preparou!