The life of birds - BBC

The Life of Birds – Melhor documentário sobre aves já feito!

Acho que a maioria das pessoas que se interessam por aves já ouviu falar neste documentário. Lançado em 1998 pela BBC e apresentado por ninguém menos que Sir David Attenborough, The Life of Birds (traduzido aqui no Brasil como A Vida das Aves) é uma verdadeira obra prima. Em 10 episódios o documentário trata dos mais variados aspectos da vida das aves – voo, alimentação, reprodução, sobrevivência – com exemplos filmados em todos os cantos do planeta.

Essa semana fui presenteada com o livro baseado no documentário. Eu nem sabia que havia um livro e provavelmente ele não encontra-se mais à venda. O meu exemplar foi garimpado em um sebo. Gostei muito pois o livro é um resumo do documentário, então fica bem fácil checar as informações e os nomes das espécies que são citadas. Tanto no livro como no documentário não são utilizados nomes científicos, o que as vezes dificulta um pouco a tarefa de descobrir exatamente de que ave estão falando. Principalmente na tradução pro português que utiliza uns nomes populares bem estranhos. Mas no final do livro há uma lista com todas as espécies, então problema (de ornitóloga) resolvido!

O livro é organizado exatamente como o documentário, em 10 capítulos que recebem o mesmo título dos 10 episódios:

01 – To fly or not to fly (Voar ou não voar?)
A origem do voo, desde o fóssil Archaeopteryx até as aves modernas (a teoria está um pouquinho desatualizada mas ainda é uma boa introdução sobre o assunto). O episódio fala também sobre aves que perderam a capacidade de voar como: avestruz, ema, emu, biguá-de-galápagos e kagu, além de várias espécies encontradas apenas na Nova Zelândia (kiwi, weka, takahe, kakapo).

02 – The mastery of flight (O domínio do voo)
Conceitos de aerodinâmica, decolagem e pouso, formação em V. A necessidade do cuidado constante com as penas, exemplos de migrações e uma análise das habilidades de voo dos beija-flores.

03 – The insatiable appetite (Apetite insaciável)
Sobre as adaptações no formato dos bicos das aves para os diferentes tipos de alimentos. Exemplos de aves que estocam alimentos (corvos, gralhas, alguns pica-paus) e de espécies que aprenderam a utilizar “ferramentas” para obter alimento. Cita também o caso das ciganas, que têm os sistema digestório adaptado para uma dieta constituída exclusivamente de folhas.

04 – Meat-eaters (Comedores de carne)
Episódio específico sobre aves de rapina: águias, gaviões, falcões, corujas, condores e uburus. Comenta também alguns casos interessantes, como um papagaio de hábitos carnívoros (kea, encontrado na Nova Zelândia) e o abutre-barbudo (também conhecido como quebra-ossos, encontrado na África) que é especializado em comer ossos.

05 – Fishing for a living (Pescar para viver)
As incríveis técnicas de captura de peixes utilizadas por martins-pescadores, biguás, garças, talha-mares, pelicanos, pinguins…

06 – Signals and songs (Sinais e sons)
A importância das vocalizações, cores da plumagem e displays na comunicação entre as aves. É um dos capítulos com mais exemplos de aves quo ocorrem no Brasil: guará, pavãozinho-do-pará, araponga, bandos mistos seguidores de formigas de correição, além do incrível exemplo de camuflagem do urutau. É também neste episódio que aparece uma ave-lira cantando e imitando os mais diversos sons (cantos de outras espécies de aves, alarmes de carro, câmeras fotográficas e até mesmo uma serra-elétrica!). Esta gravação ficou muito conhecida e provavelmente você já esbarrou com ela na internet.

07 – Finding partners (Encontrando um parceiro)
Os mais belos e curiosos displays reprodutivos (ou “danças de acasalamento”) realizados por aves. Claro que não podiam faltar os pavões e as fantásticas aves do paraíso.

08 – The demands of the egg (As demandas do ovo)
Neste episódio há exemplos de vários tipos de ninhos, feitos com os mais diversos materiais (galhos, folhas, teias-de-aranha, barro, saliva) e com diferentes técnicas de construção. Dos mais simples aos mais elaborados.

09 – The problems of parenthood (Problemas da paternidade)
Exemplos de cuidado parental, desde espécies que têm grandes ninhadas até aquelas que criam um único filhote. Mostra também o cuco, ave que parasita o ninho de outras espécies e nunca cria os próprios filhotes (como faz o chopim aqui na América do Sul).

10 – The limits of endurance (Os limites da resistência)
Mostra vários exemplos de aves que se adaptaram às condições mais inóspitas, como viver nos desertos mais quentes, nos lagos mais salgados ou no frio intenso da Antártida. Cita também espécies de aves que foram extintas pela ação do homem e outras que estão prosperando nas cidades.

Claro que existem outros documentários excelentes sobre aves. Mas eles costumam ser mais específicos, como o ótimo Earthflight, que trata exclusivamente do voo e das migrações. Quase 20 anos depois de sua produção, The Life of Birds continua sendo o documentário mais completo sobre o assunto. Meu preferido, já devo ter assistido cada episódio mais de dez vezes…

 


Sobre:
the-life-of-birds-documentaryThe Life of Birds
David Attenborough / BBC
Ano: 1998