aplicativos de identificar aves

Testando alguns aplicativos para identificar aves

Já aviso que este post vai ficar desatualizado muito em breve (se é que já não está!). O desenvolvimento destas tecnologias tem sido muito rápido. Não vai demorar para que os aplicativos que testei sejam atualizados, recebam novos recursos. Além disso novas tecnologias surgem a todo momento.

De fato, apps que identificam espécies de aves a partir de fotos e sons não são novidade. Começamos a ouvir falar deles lá em 2012, 2013. Fazia tempo que tinha vontade de testar, mas ainda não existem opções que reconheçam aves que ocorrem no Brasil. Por isso aproveitei uma viagem aos EUA para finalmente matar a curiosidade!

Testei três aplicativos diferentes, dois que analisam fotografias e um que identifica aves pelo canto. Existem outras opções disponíveis, mas eu só queria ter uma ideia se esses apps funcionam mesmo, sem grandes comparações. Seguem minhas impressões.

Merlin Bird ID

merlin - aplicativo para identificar avesFoi o aplicativo que mais gostei. Desenvolvido pelo laboratório de Ornitologia da Cornell University, é gratuito e está disponível para download na Google Play e na App Store. O Merlin apresenta dois recursos diferentes para ajudar na identificação. Na primeira opção (Start Bird ID), você responde algumas perguntas (local da observação, data, tamanho da ave, cores da plumagem, comportamento) e ele cria uma lista de espécies que correspondem às suas respostas. É muito fácil de usar e é uma ferramenta especialmente útil para quem está começando a observar aves. Além disso, não há necessidade de fotografar.

A segunda opção (Photo ID) permite fazer a identificação a partir de uma foto. A princípio não achei muito prático, pois é difícil tirar boas fotos de aves com o celular. Mas descobri que isso não é necessário. Você pode baixar em seu celular fotos feitas com outros equipamentos, ou, mais fácil ainda, fotografar com o celular as fotos diretamente do display da câmera ou da tela do computador. Funciona super bem! Comecei o teste com algumas fotos que eu já havia selecionado e editado previamente (como a que encontra-se abaixo) e o aplicativo acertou todas.

Tufted Titmouse (Baeolophus bicolor)

Tufted Titmouse (Baeolophus bicolor)

Me perguntei se o Merlin conseguiria identificar fotos desfocadas ou com pouca iluminação. Testei algumas, sem problemas. Experimentei então submeter fotos onde partes da ave estão ocultadas por galhos (sem abusar, é claro; escolhi aquelas em que pelo menos uns 80% da ave estavam visíveis). Novamente, o aplicativo acertou todas.

aves

Algumas fotos “ruins” que o Merlin identificou corretamente: (A) Northern Cardinal (B) Blue Jay (C) Red-bellied Woodpecker (D) Northern Mockingbird

É importante dizer que só testei o Merlin com aves bastante comuns. Não sei dizer o quanto ele é preciso com espécies de identificação mais difícil.

Birdsnap

Aplicativo desenvolvido pela Columbia University em conjunto com a University of Maryland, o Birdsnap também auxilia na identificação de aves norte-americanas a partir de fotos. Existe uma versão disponível para download gratuito na App Store, mas como haviam muitas reclamações de que ela não estava mais funcionando (a última atualização foi feita em 2015), optei por utilizar a versão web.

Gostei de poder identificar as fotos diretamente do computador, sem precisar passar pelo celular. Basta fazer o upload do arquivo, então o aplicativo solicita que você marque na foto a localização do olho e da cauda. Bem simples! Mas o Birdsnap demora um pouco para fazer a analise e só consegue identificar corretamente fotos boas, limpas, de preferência com a ave de perfil. Das quatro fotos “ruins” acima, ele só acertou a Blue Jay.

birdsnap online

Versão web do Birdsnap

Song Sleuth

Song Sleuth app

Lançado este ano, o Song Sleuth foi criado pela Wildlife Acoustics. Custa 10 dólares na App Store e a versão para Android ainda está em desenvolvimento. O aplicativo permite identificar pelo canto cerca de 200 espécies de aves norte-americanas.

Demorei um pouco para entender como usar este aplicativo. As primeiras gravações ficaram muito longas e o app não terminava a análise nunca. Então fiz gravações curtinhas, de 10-15 segundos, e o Bird Sleuth sugeria três ou quatro espécies cujo canto era similar. Legal que na biblioteca de referência também estão incluídos sons de outros animais comuns, como sapos e esquilos.

Em geral gostei do aplicativo, mas achei muito difícil obter áudios limpos o suficiente para permitir uma identificação correta. Fiz os testes em um parque urbano e havia muito barulho, pessoas falando, carros passando, mais de uma ave cantando ao mesmo tempo… Além disso, como o aplicativo utiliza o microfone do celular, na prática só funcionou para aves que encontravam-se muito próximas.

Tive ótimos resultados com o Northern Cardinal, mas devo ressaltar que ele estava a apenas uns 2 ou 3 metros de distância.

Northern-Cardinal-NY

Northern Cardinal (Cardinalis cardinalis)

Considerações finais

Não conheço nada da avifauna norte-americana e esses aplicativos, principalmente o Merlin, ajudaram bastante. Esclareci dúvidas na identificação de espécies similares, ficando mais atenta aos pequenos detalhes de pássaros que a princípio me pareciam iguais. Enquanto isso, o Song Sleuth me fez deixar a câmera de lado e atentar aos sons que me rodeavam. Esta experiência me fez lembrar o desafio que foi, tanto tempo atrás, aprender a reconhecer as primeiras aves, os primeiros cantos. Apps como estes teriam sido uma mão na roda!

Espero que não demore muito para que essas ferramentas incluam nossa avifauna. Continuo preferindo os bons e velhos guias de campo, mas acredito que estas novas tecnologias são complementares e tem grande potencial educativo. Imagine o que não dá pra fazer com um recurso desses em sala de aula, ou mesmo seu possível impacto no turismo?