avistar 2012

Passada rápida pelo Avistar 2012

Parece que todo mundo resolveu marcar eventos no último fim de semana. Fui para São Paulo com uma programação apertada, e calhou que só consegui assistir algumas palestras do Avistar na sexta-feira e dar um pulinho no encontro de blogueiros que rolou domingo. Valeu a pena. Estava muito curiosa para conhecer o inglês David Lindo, “the urban birder”. O cara é simpaticíssimo e encantou todo mundo com uma apresentação apaixonada sobre observação de aves em ambientes urbanos. A palestra sobre as últimas novidades no projeto de conservação da ararinha-azul também foi marcante. O pessoal da SAVE Brasil e da Al Wabra Wildlife Preservation (localizada no longínquo Qatar, país do oeste asiático) têm previsão de começar a reintroduzir ararinhas-azuis na natureza a partir de 2017.

david lindo

David Lindo – The urban birder

Outro assunto que permeou muitas discussões é a chamada “Citizen Science”, ou Ciência Cidadã. A ideia é que pessoas que observam aves como hobby forneçam dados e auxiliem o desenvolvimento de pesquisas científicas. O ornitólogo Mario Cohn-Haft falou bastante da importância dos registros feitos por amadores, principalmente em estudos da distribuição geográfica das espécies. Nos Estados Unidos e Inglaterra, países onde o birdwatching já é tradição, muitos pesquisadores já utilizam banco de dados alimentados por birdwatchers. Aqui no Brasil o Wikiaves deu o pontapé inicial para este tipo de pesquisa.

eric gallardo

Eric Gallardo, do Portal Birdwatcher Brasil

O I Encontro de Blogueiros contou com palestrantes muito selecionados. Eric Gallardo, do portal Birdwatcher Brasil, deu uma verdadeira aula de redação otimizada para internet. O pessoal do O Eco falou das peculiaridades do jornalismo ambiental no Brasil, enquanto a Cláudia Komesu (do site Virtude – Birdwatching e Natureza) mostrou as dificuldades e recompensas de se manter um blog como projeto pessoal. Para fechar, o Zé Edu Camargo (do blog Brasil das Aves) contou como foi a criação do blog dentro da National Geographic Brasil, além de histórias curiosas sobre como os temas para as postagens vão aparecendo. Adorei finalmente conhecer o rosto de tanta gente que acompanho sempre pela tela do computador. Pena que muitos outros blogueiros de birding não apareceram – ou fui eu que não consegui encontrá-los… Quem sabe tem mais no ano que vem???

Apesar da correria ainda deu tempo de passarinhar um pouquinho pelo Parque Villa-Lobos. Acrescentei algumas espécies à lista do ano passado, entre elas o joão-velho (Celeus flavescens). Foi muito engraçado, pois logo em seguida esbarrei com outro joão-velho, só que este era um pouquinho diferente…

joão velho

João-Velho (Celeus flavescens) e seu colega, usado em projetos de educação ambiental dentro do Parque Villa-Lobos.